• biiaaescarattii

Projeto Sarandira recebe residência artística para criação de praça pública

Iniciativa da Associação Carabina Cultural visa fortalecer a sociabilidade, o turismo e a economia do distrito de Juiz de Fora


Vídeo residência Sarandira Instituto Amado



A comunidade de Sarandira recebe entre os dias 16 e 29 novembro uma residência criativa que visa a criação de uma praça pública. O projeto é uma iniciativa da Associação Carabina Cultural, por meio do projeto Sarandira Criativa, que desde 2013 se dedica a ações sociais, culturais, ambientais e econômicas no distrito.


A ideia do projeto é desenvolver um meio criativo e artístico dentro da comunidade conectando os moradores e fazendo com que eles construam suas próprias ideias culturais e socioambientais.


Sobre a residência Artística

A residência acontecerá no período de 16 a 29 de novembro e é a primeira das três etapas que comtemplarão um chamado para criação de esculturas em grande formato e o desenvolvimento do artesanato criativo na comunidade. Os juizforanos Clara Sefair e Rafael Monteiro, foram os arquitetos selecionados entre dezenas de propostas recebidas no chamamento aberto para todo o país.


O trabalho

Dando continuidade ao trabalho conjunto iniciado no ano de 2017, quando Sarandira foi selecionada em um edital de pinturas artísticas aberto pelo então Instituto Amado, a Carabina Cultural convidou novamente a galeria de Quartoamado de Belo Horizonte para a produção e registro audiovisual do projeto.


Trabalho da galeria Quartoamado em Sarandira-MG

(Foto Sarandira Criativa)



Sarandira Criativa é um projeto de implementação de uma "Comunidade de Colaboração Criativa" em Sarandira, distrito de Juiz de Fora, que visa produzir mudanças significativas e mensuráveis no local, oferecendo um suporte através de planejamentos para desenvolver as ideias sugeridas pela própria comunidade.


Dentre as iniciativas criadas pelo projeto, destacamos a revitalização do Chafariz de Sarandira, que recebeu o Prêmio Amigo do Patrimônio da Funalfa, em 2017.


Chafariz de Sarandira

(Foto reprodução facebook)



Sarandira

O distrito de Sarandira foi criado em 1861 para receber grande parte dos imigrantes italianos que vinham trabalhar nas lavouras de café da região. Já em 1906, a vila possuía mais de 5 mil habitantes e era uma das grandes produtoras de Minas Gerais.

Atualmente a comunidade conta com uma população de aproximadamente 300 habitantes e sua atividade econômica se restringe à agropecuária. Contudo, ainda guarda importantes referenciais naturais, culturais e históricos do extinto ciclo econômico cafeeiro presentes em sua arquitetura.


Hoje, os principais atrativos do distrito são a Igreja Nossa Senhora do Livramento, construída em 1886, o Casarão de Sarandira - ambos tombados pelo patrimônio histórico municipal e com projetos de restauração em andamento, as cachoeiras de Sarandira e do Castelo, a mina de água “milagrosa”, o chafariz histórico, o Circuito dos Murais Encantados e as antigas fazendas de café da região.

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo