• Comunitude Ação e Atitude

Professor da periferia ganha prêmio por inovação


O professor Renato Batista da Conceição, de 30 anos, foi contemplado com o Prêmio Paulo Freire, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, por um trabalho inovador. O professor utiliza a tecnologia Ar (realidade aumentada) para ensinar geografia aos alunos da Escola Municipal Victor Sence, em Conceição de Macabu.


O professor, que sempre estudou em escola pública, foi criado pelos avós analfabetos na periferia de Campos dos Goytacazes. Em entrevista ao portal G1, o professor compartilhou o sentimento em receber a premiação.


"É algo que me deixa extremamente feliz e realizado. Eu, inclusive, que aprendi a ler e escrever nessa chamada escola pública que, mesmo com muitas dificuldades, sempre busca contribuir com a educação dos alunos"

O uso da Tecnologia:



Durante as aulas, o professor usou como recurso um aplicativo chamado “Merge Cube”, que utiliza da ciência e tecnologia para promover uma educação diferenciada e de fácil aprendizado. Para conhecer a ferramenta basta acessar o site https://mergeedu.com/. Na entrevista, Renato falou sobre o uso da plataforma em suas aulas.

“Na atividade que realizei com meus alunos, eles puderam observar o sistema solar na palma das mãos. Com seus próprios Smartphones, um Cubo Mágico feito de papel e um aplicativo gratuito de realidade aumentada, os alunos, encantados, conseguiram visualizar e aprender mais informações sobre o Sistema Solar e a Dinâmica da Terra."

Além de Renato, o prêmio foi oferecido a outras 86 iniciativas inovadoras.

13 visualizações0 comentário